Segunda, 26 de Setembro de 2016
   
Fonte

A tarde do último domingo, 17 de setembro, ficou marcado na longa história da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Santa Isabel, pois segundo os organizadores, cerca de 1.200 pessoas participaram da Festa Gaúcha em prol da Santa Casa que contou com toda uma ambientação, buffet, banda com música e dança típica do sul do Brasil.

“Ficamos muito felizes com o evento, foi um sucesso. Acredito que a população tenha ajudado bastante, já que aderiram a ideia de ajudar a Santa Casa de Misericórdia, tanto que a arrecadação foi muito boa. Nós calculamos em torno de 1.200 pessoas, contando com as pessoas que compraram os convites e as que ajudaram na organização do evento. Recebemos a colaboração de muitos voluntários, ajudando na cozinha, nos enfeites, contribuindo com dinheiro para comprar os produtos da festa e vendemos 906 convites, mas muitos pagaram no dia da festa”, disse muito emocionado o provedor Benedito Ribeiro.


Há pouco menos de um mês (24/08) um grave acidente envolvendo uma moto e uma caminhonete, na Rodovia Albino Rodrigues Neves (SP 56), em Santa Isabel, resultou na morte trágica de uma jovem de apenas 21 anos, além de ferimentos em um rapaz que também estava na moto.

No início da tarde da última quinta-feira (22), mais um grave acidente aconteceu na Rodovia que voltou a registrar vários acidentes.


Através de constantes matérias e quebrando tabus, o Jornal Agora News vem alertando a população isabelense sobre um assunto pouco comum de se discutir e que já se tornou caso de saúde pública. Suicídio, sim, este mal silencioso que faz com que as pessoas fujam do assunto e, por medo ou desconhecimento, deixam de evitar o que há de pior, que é atentar contra a própria vida. Oficialmente, 32 brasileiros se suicidam por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer no Brasil.

Com o intuito de que estes fatos não passem despercebidos, na tarde desta sexta-feira, 23 de setembro, a Dra. Juíza de Direito da 2ª Vara da Comarca de Santa Isabel, Dra. Cláudia Villibor Breda, junto com sua equipe reuniu funcionários do Fórum Municipal onde trajados de amarelo promoveram um ato simbólico de combate ao suicídio com a soltura de balões brancos e amarelos.

Em entrevista a Juíza Dra. Cláudia Villibor Breda falou um pouco sobre o assunto: “A depressão acaba sendo o combustível para a maior parte dos casos de suicídio, já que o suicida, muitas vezes anuncia que vai se matar, mas não apenas ameaçando que irá se matar, ele dá indícios quando mostra desinteresse pela vida, quando ele fica angustiado, quando ele não tem mais vontade de acordar, quando ele não consegue ver a beleza da natureza. Esses são indicativos de que a pessoa está entrando em um estado de depressão que passa despercebido pelos familiares e gera o suicídio”.


Em todas as eleições ouvimos muito a palavra “renovação”, para muitos se dá apenas pela troca de um vereador por outro, mas para outros, renovação é trazer para a política os jovens que estão cada vez mais desinteressados no processo eleitoral. Esta semana conversamos com uma das lideranças entre os jovens de Santa Isabel, a Bruna Rafaela Mendes é filha da ex-vereadora Jesuína Mendes, e bem antes das eleições fez várias ações direcionadas ao público jovem.

Mais conhecida como Bruna PATi, a jovem candidata de 26 anos é estudante universitária e é candidata pelo Partido Social Democrático (PSD). Questionada sobre os motivos que a levou disputar as eleições, Bruna aponta sobre a vontade de querer mudar a rotina que os jovens estão vivenciando, promovendo mais Cultura, mais Lazer, mais Qualificação Profissional e sem esquecer de escutar e estar disponível aos anseios da população.


As queimadas estão ligadas ao uso do fogo como prática agrícola e manejo que ocasionam focos de incêndio nos períodos mais secos do ano. Queimada tem sido uma prática frequente durante a limpeza de terrenos, para o cultivo de plantações ou formação de pastos, sendo muito utilizada até os dias de hoje, principalmente por ser uma forma de baixo custo para limpar grandes áreas.

Na manhã da última segunda-feira (19), um representante da Empresa Pedreira Santa Isabel foi até a Delegacia de Polícia e noticiou que há alguns dias ocorreu um incêndio na propriedade da Pedreira, área localizada na Estrada Municipal que corta a propriedade, área esta de preservação ambiental, na extensão aproximada de três hectares. Na ocasião foi acionada a Brigada de Incêndio da própria empresa, para tentar controlar o incêndio, porém, devido ao difícil acesso, não foi possível.


Nestas eleições a Justiça Eleitoral apertou o cerco para combater o “derrame” de santinhos pelas ruas, prática comum especialmente no dia anterior ao pleito, que era facilmente percebido não apenas nas mediações dos locais de votação mas por toda a cidade, agora renderá multa no valor de R$ 10 mil em Santa Isabel. O valor é alto, mas a principal mudança está na previsão de responsabilidade solidária de partidos políticos e de candidatos, mesmo que estes não tenham diretamente espalhado os papeis pelas vias públicas.

Para saber mais sobre a punição, o Jornal Agora News esteve na tarde da última quarta-feira (21) conversando com a Chefe do Cartório Eleitoral de Santa Isabel, Akemi Yamassaki, que afirmou que cada candidato será multado conforme houver a identificação de derrame com seu santinho. “Foi estabelecido que cada candidato terá que pagar a multa de 10 mil reais caso seja encontrado derrame de santinhos com sua identificação. Recomendo que cada um faça a devolução do  material e entregue no diretório para se resguardar da possível multa. No sábado, até as 22 horas é o tempo limite. Mesmo se houver pessoas de má fé cometendo o crime, cada candidato ou representante deverá verificar e recolher. É um alerta para que todos tomem muito cuidado”.


O deputado André do Prado, líder do Partido da República na Assembleia Legislativa, recebeu do senhor Valter Dias, morador de Santa Isabel, um abaixo assinado contendo 3.046 assinaturas pedindo a criação de uma linha de ônibus junto a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) no itinerário entre o bairro Monte Negro, em Santa Isabel, até a capital paulista.

Segundo Valter Dias, a criação desta linha poderá atender moradores de outros bairros como: Jardim das Acácias, Jardim Portugal, Recanto Alpina e Chácara Canadá, que enfrentam inúmeras dificuldades para poder chegar ao trabalho. “Isso sem mencionar que, os usuários são obrigados a pagar duas passagens ou mais e o tempo de deslocamento é muito grande”, argumentou.


As semifinais da 1ª Taça Santa Isabel Fut 7 atingiram as expectativas do público que teve a oportunidade de assistir duas partidas bem distintas. No primeiro jogo entre Bola da Vez e Estrela de Prata, o duelo foi bem equilibrado com as duas equipes atacando bastante, mas, venceu a equipe que teve menos falhas na defesa.

No primeiro tempo saiu os gols do Estrela de Prata por falha na marcação do Bola Da Vez. O Bola da Vez ainda conseguiu melhorar no jogo, fazendo a partida ficar mais pegada e disputada, mas o Estrela de Prata conseguiu se manter bem, do início ao fim da disputa, e continuou aproveitando as oportunidades, marcando 5 gols. Já o Bola da Vez não estava em uma noite feliz e perdeu muitas chances de gols, e acabou marcando apenas um, que foi o de honra. Foi um jogo bom, mas poderia ser melhor.

A equipe do Estrela de Prata que não empolgou no início do campeonato conseguiu chegar a final jogando um bom futebol de forma regular e foi eficiente ao golear o Bola da Vez por 5x1 e chegar sem alarde na tão cobiçada final. Marcou para o Bola da Vez o atleta Diego e para o Estrela de Prata marcaram Diego (3), Jocelio e Alefe.


 Mudas de árvores nativas foram plantadas no Parque Municipal em evento comemorativo ao Dia da Árvore. Durante toda semana, crianças da rede municipal de ensino participaram do ato que contou com a presença do prefeito, Pe. Gabriel Bina, secretários e técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Educação, Cultura e Esportes que junto aos professores, monitoraram as visitas e realizaram explicações diversas. O evento foi promovido pela Prefeitura de Santa Isabel.

Entre os dias 19 e 26 de setembro, crianças com idades entre 05 e 11 anos, acompanharam e ajudaram no plantio de mais de trinta mudas de ipês, paus d’alho, pau-brasil, entre outros exemplares de espécies nativas. O Parque Municipal com seu amplo espaço repleto de natureza foi o cenário escolhido para intensificar as noções de arborização e o trabalho de reflorestamento, que também será abordado em sala de aula com as crianças.

Segundo a Prefeitura de Santa Isabel, o objetivo da iniciativa também foi fazer com que os alunos interajam com a natureza, proporcionando um novo aprendizado. Além do plantio de árvores nativas, na ocasião também foi destacada a importância do cuidado com o tipo de espécie que não pode ser repetida em um mesmo local, para que o homem possa copiar o que a natureza faz quando forma naturalmente um espaço arborizado. O reflorestamento realizado foi técnico, conforme as legislações.

A aluna Isabele de Souza Rodrigues, de 09 anos, estava animada e elegeu a explicação sobre a vegetação como a parte mais legal do passeio contando que participar da plantação de uma muda foi uma experiência nova: “O passeio foi bem legal e a parte que eu mais gostei foi quando plantamos a árvore, eu nunca tinha feito isso”, diz.


Deu na Folha de SP que um em cada três brasileiros acredita que em casos de estupro, a culpa é da mulher, de acordo com pesquisa Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e divulgada esta semana. Segundo o levantamento, 33,3% da população brasileira acredita que a vítima é culpada pelo ato, nessa porcentagem estão inclusos homens e também mulheres, as principais vítimas deste crime. Na outra ponta das estatísticas, aparece um dos dados que confirma que vivemos em uma sociedade refém da violência sexual, já que 65% dos brasileiros declararam ter medo de se tornar vítima de um abusador.

A reação de muitas pessoas é automática ao ouvir um caso de estupro e, antes de se revoltar ou se sensibilizar, primeiro questionar o contexto em que ele ocorreu. Se a vítima vestia roupas curtas, estivesse andando sozinha de madrugada, ou tivesse ingerido bebidas ou drogas, o cenário se inverte e o estuprador sai do papel de vilão e “recebe um afago na cabeça”. Como se houvessem justificativas para um crime tão brutal. Atitudes assim são classificadas como “culpabilização da vítima”, um assunto sério que reflete o perfil da sociedade atual.


Pesquisar no site

Jornal Agora News - Virtual

Banner

Previsão do Tempo

Cambio

Login